quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Micos que as mulheres não devem pagar, NUNCA!!! (PARTE II)


Eu estava totalmente desiludida da vida. Acabava de terminar um relacionamento complexo de 3 anos. Resolvi então, arrumar um namorado distante, que não morasse na mesma cidade.

Internet, naquela época, não era pra qualquer um. Entrei numa de me cadastrar no DISK-AMIZADE/NAMORO, por tel. Conheci um cara muito legal e inteligente, morava na Barra da Tijuca e fazia parte da redação de uma revista. Eu coitada, morava na Baixada Fluminense, N. Iguaçu. Mas não é isso que interessa!

Nos falávamos todos os dias por telefone, a voz dele era simplismente ma-ra-vi-lho-sa, eu comecei a sonhar...criar suas supostas características na minha mente fértil..."Ah, ele só pode ser lindo com toda aquela voz e inteligência!!!"

Ele dizia que era feio, mas minha mente se recusava a acreditar.

Marcamos um encontro num shoping da minha cidade, na "Casa do Alemão" (imagine se eu iria correr o risco de sair da minha cidade para conhecer um rapaz do qual eu não poderia ter a certeza de quem realmente era!).

Enfim, ele disse como estaria vestido e eu também.

Pensei:" Vou chegar lá, olharei de longe e se ele for muito feio eu vou embora. Depois ligo dando a desculpa que houve um acidente e não poderia ir."

Eu havia me esquecido de que a escada rolante do shoping ficava de frente para as mesinhas da Casa do Alemão. Não tive para onde fugir! Quando saí da escada, sem que eu piscasse, lá estava ele...baixinho, calvo e com uma boca enooooorme sorrindo pra mim. Ele se levantou da mesa (huuuuuum, cavalheiro) e me cumprimentou dizendo:

-Tudo bem?

-Tudo, e você?

-Bem! Decepcionada?

- Nãaaaao, imagina! (pensei: mas que cara feio! Que m..eu fui arrumar?)

Enfim, conversa vai, conversa vem e toda aquela euforia de conhecê-lo, todos os sonhos, sumiram derrepente...

O fim da noite foi uma despedida com um beijo no rosto, e ele perguntou:

-Vamos nos ver mais vezes?

- Claro! ( "claro que nunca mais", eu quis dizer)

Acho que fui responsável por um grande trauma na vida dele, COITADO!

Conselho:

"Cuidado com as furadas! Será que não tem homem perto de você caramba?" (Hum...Por que eu não pensei isso na época, hein?)


2 comentários:

Kel _ Ispilicuty disse...

Oi linda obrigada por me avisar, acho que ja corrigi o problema ...rs. Qq coisa pode chamar lá no chat...
Bjosssssssssss

Paula disse...

Menina do Céu! hahaha... Adorei isso aki! Muuuuuuuuuuuito bom! Virei até seguidora!
Beijo!